hyper-convergence

Hiperconvergência

Podemos dizer que estamos vivendo os primeiros momentos de uma grande revolução, uma grande quebra de paradigmas principalmente de como olhamos para os datacenters (chamados por alguns de CPD´s). Até a uma década atrás, isso mesmo, 10 anos atrás o modelo de infraestrutura computacional tradicional éra basicamente a soma de Servidores (Torre ou de Rack) empilhados em Infraestrutura SAN ou NAS, agregado com Switches LAN, Conexões Ópticas, Softwares de Gerenciamento, Vários Logins, Várias Senhas, Vários Parâmetros e Vários Pontos de Falha. E em muitos lugares, acredito que em 80% desses datacenters no mundo ainda é assim, complexo. Tem uma frase que gosto de usar que aprendi com um amigo… “O Complexo é ótimo, mas o Simples é Fantástico!”

De 10 anos até agora, muita coisa mudou, e pra valer, Virtualização, Automação, Billing, Computação em Nuvem (SaaS, PaaS, Iaas), Big Data, IoT, e por ai vai… mas, sabe por que chegamos a esse nível?.. por causa da evolução, deixamos para trás o complexo, o muito, o difícil, o limitado para uma nova visão… a visão Web-Scale.

O Conceito de Web-Scale, nasce no berço dos grandes, aliás gigantes da internet tipo Google, Amazon, Facebook, e outros… trata-se de uma nova visão para atender a estruturas computacionais que crescem orientadas à demandas mas de forma gerenciável, funcional, escalar, compatível, e 100% definida por software.

O Web-Scale é uma abordagem de arquitetura para a implantação, gerenciamento e dimensionamento de datacenters. Em seu core, o Web-Scale é uma visão sobre como minimizar a complexidade operacional no datacenter e permitindo a escala previsível, a agilidade dos negócios, e o menor custo total de propriedade (TCO). Grandes empresas já começaram a abraçar os princípios e tecnologias desse novo padrão. Isso em resposta à velocidade das demandas que crescem de forma exponencial e agressiva e às necessidades que as arquiteturas tradicionais não podem atender. Esta mudança vai transformar completamente a gestão e operação de datacenters em qualquer escala nos próximos anos.

Associado ao modelo Web-Scale, está a Hiperconvergência, sendo um modelo de arquitetura para infraestrutura de TI em que os recursos de computação (CPU, RAM, BUS, NIC) e armazenamento local (Discos Sata e SSD) são fisicamente encapsulados em pequenos servidores, normalmente com base na plataforma x86. Sistemas HiperConvergentes, quando bem desenhados são, pela sua natureza sistemas distribuídos. O bloco de construção dessas soluções é um servidor x86 físico com processadores de múltipos cores, memória, armazenamento e conectividade de 10, 20 e 40Gbps.

O Modelo Web-Scale, somado a arquitetura de Hiperconvergência, é encontrada no que hoje existe de melhor em processamento e armazenamento de infraestrutura escalar gerenciada por software. Agregado à mobilidade e a flexibilidade de usar o Hypervisor que for a melhor opção para o projeto, podendo ser o Acrópolis (Nativo), Vmware ou Hyper-V. Isso é o NUTANIX.

Trata-se de um Appliance (bloco) que suporta de 1 a 4 servidores (nodes) independentes, compartilhando o mesmo barramento. Gerenciado por software, que é a inteligência da solução, o NUTANIX entrega Hardware, Software, Conectividade, Storage, Virtualização, Cluster em Alta-Disponibilidade, Gerenciamento Unificado em um único ponto, e pelo browser, por isso que é chamado de Hiperconvergência. Comece com algumas e expanda a milhares de Máquinas Virtais e Datacenters Replicados, garantindo a mais alta taxa de disponibilidade, e RPO e RTO próximos de 0 (zero).

A GSD Tecnologia, conjunto com seus parceiros, modelam, dimensionam, vendem e instalam soluções Hiperconvergentes NUTANIX. Consulte, temos cases funcionais em Manaus/AM e em vários outros no Brasil pelas parcerias NUTANIX. A Solução de Hiperconvergência campeã do Gartner 2015 e melhor indicador do IDC.

Posted in Sem categoria, Serviços.